Você está Aqui:
Home > Notícias do Mundo > Vacinas > Jovem Fica Com Retardo Mental Depois de Tomar Vacina de Oxford

Jovem Fica Com Retardo Mental Depois de Tomar Vacina de Oxford

Um voluntário dos testes em Salvador-Bahia da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela AstraZeneca e a Universidade de Oxford está há 29 dias internado com convulsões e retardo mental.

Ele tem 20 anos e começou a ter convulsões depois de ter tomado a segunda dose da vacina (ou placebo). Segundo a família ele era saudável e com perfil de atleta.

Obviamente placebos não causam retardamento mental nem convulsões num jovem saudável. É muito óbvio que a causa desses efeitos colaterais graves é a vacina.

“Ele está totalmente confuso, não fala coisa com coisa. Está tomando sedativos pra dormir. Totalmente desconexo com a realidade. Chama porta de caneta, chama TV de celular. Diz que uma prima está ameaçando ele de morte, umas conversas bem sinistras. A gente tem medo dele”, descreve um parente.

Sinistro! Os efeitos colaterais da vacina parecem ser piores do que os sintomas do próprio vírus. Lembre-se: pelo menos 80% das pessoas que pegaram o coronavírus são assintomáticos! E na faixa etária do jovem voluntário que teve problemas, a letalidade do coronavírus é menor que 2%.

Será que valeu mesmo a pena ter tomado essa vacina?

Fonte:

Jornal Bnews

Jornal A Tarde

 

 

Avatar
Douglas Aleodin
Inscreva-se no meu canal YouTube :
http://www.youtube.com/inteligentista

Deixe uma resposta

Top