Você está Aqui:
Home > Forum
Teoria da Ordem Ter...
 

Teoria da Ordem Terrestre na terra plana. [ com calculo e constante ]  

  RSS
vinicius
(@vinicius)
Active Member

Há três teorias terra planistas a respeito da queda acelerada.

-Uma é a teoria que diz que a queda e a ordem ocorre pela própria densidade das coisas, onde a propria materia tem em si o fator INTRÍNSECO para poder cair, como teorizado por Aristóteles, a mair aceita pela comunidade da terra plana espalhada pelo plano terrestre. 

-A segunda é que forças externas influenciam na ordem o que causa a queda, como a teoria da gravitação efeito ilha retirada de Le Sage e aprimorada pelo Dr Carlos Jose Borge, e da teoria do plasma do DR Afonso. 

-E a terceira, é a da Teoria da Aceleração Universal da sociedade da terra plana.

nós a muito tempo falamos em método cientifico como ateus, e estávamos errados por isto. 

Pois com isto e por isto rejeitamos a existência de tudo que não podemos observar/detectar/medir, Correto ? Mas sendo assim, teríamos que negar a existência de tudo o que existe mas que não pode ser observado, mensurado ou detectado em laboratório, como por exemplo: Deus, Anjos, etc...

Assim sendo, esta teoria se deu pela aceitação de que assim como existem coisas indetectáveis na realidade, tambem podem existir forças indetectáveis na realidade.

Sendo assim, eu estava formulando duas teorias, a teoria da Lei Terrestre, e a teoria da Lei Celeste

A Teoria da Lei Terrestre cuidará de dar Ordem as coisas que ocorrem na terra, em quanto a Teoria da Lei Celeste dará ordem para as Leis que dão aparente ordem ao céu observável.  

Mas neste post falarei MAIS sobre a teoria da Lei terrestre e seus elementos que relacionam ela com a Lei Celeste.

A Lei Terrestre foi por tanto criada para dar Ordem a terra, para que o Equilíbrio não impere sobre ela e as coisas fiquem flutuando. O Equilíbrio constante gera Caos a imobilidade ou a impossibilidade de descarregar a Ordem de movimento, e o Desequilíbrio constante gera Ordem, carga de movimento organizado a ser cumprido.

Como, então, se da a aceleração de queda na terra plana ? 

A Lei celeste é a Lei que permeia todo o universo, como a teoria da gravitação efeito ilha, ela empurra os corpos em todas as direções, e quando um corpo esta proximo a outro ela cuida de empurra-los um para perto do outro por falta de tensão entre eles. Como na imagem a seguir:

 

 

 

 

Assim, A Lei Terrestre, Diferente da Lei Celeste, foi criada para dar um vetor unico e local aos  diversos vetores da Lei Celeste  
Como assim?  A lei terrestre absorve a Lei Celeste e a transforma para dar vetor unico a força, Ela organiza a Lei celeste Localmente para empurrar para o que chamamos para baixo, não para centro algum. 

Como isto seria possível? A Terra é a Portadora da Lei da Terra, uma constante de transformação vetorial cujo numero é de: 0.00000000000000000000000000007114 [ 7,114*10^-29] [ chamemos de constante da Lei Terrestre [ Constante LT]], e a lei [ Constante LT ] unida a Terra, gera outra constante, a ORDEM TERRESTRE [ cujo valor é de APROXIMADAMENTE 0.00042494283848] , tambem vetorial pois é resultado da junção da constante LT que é vetorial, unida a Terra que é escalar, sendo então uma constante uniforme para toda a terra cujo sentido vetorial é para baixo em seu campo de influencia. 

Assim, sabendo a Constante da Ordem Terrestre [chamemos Ordem Terrestre de OT = 0.0004249283848 ] Basta agora saber a massa do objeto que esta caindo e a VARIANTE DE COMUNICAÇÃO DA LEI Terrestre para este objeto. 

Sabemos que os objetos caem em media com uma aceleração de 9.8 m/s², e que esta aceleração não é constante em todos os cantos da terra, mas sim variante segundo a sua posição na terra e outros elementos variantes. 

Suponhamos pois que estejamos em um local onde a aceleração de queda é medida por equipamentos com o numero de: 9,81583563155929366312946695219 m/s²

O objeto lançado tem massa de 15 kg. Quanta Carga de Ordem a Lei terrestre tem que impor no objeto para que ele caia com esta aceleração local e como isto ocorre ? 

Existe a forma facil de se responder a primeira questão, que é simplesmente multiplicar a aceleração pela massa do objeto, [ 15kg *9,81583563155929366312946695219 m/s² = 147.23753447338940494694200428285 N ]  mas ai não saberíamos como ocorre. 

Tendo em mãos a OT, você pega o valor da aceleração de queda local e simplesmente faz a seguinte operação: 

Aceleração de Queda [ chamemos de >q< ]
>q< dividido por OT É IGUAL A VARIANTE DE COMUNICAÇÃO DA LEI TERRESTRE  [ VCLT ]

fica : [ q / OT = VCLT ]
SUBSTITUINDO PELOS NUMEROS FICA:

VCLT = 9.81583563155929366312946695219 / 0.00042494283848 
VCLT = 23099.19062683833763600709252783452156 que é uma medida escalar.

Sabendo a VCLT, uma vez que nela contem todos os fatores de influencia na aceleração de queda local unidos em um unico numero que varia segundo a localização na terra, podemos afirmar que a aceleração de queda é influenciada por diversos fatores e é uma variante assim como a VCLT uma vez que a terra não é perfeitamente plana nem tem a mesma densidade uniformemente, temos montanhas, cavernas subterraneas, variedades de materia em baixo da terra etc, e embora OT seja perfeitamente igual em todos os cantos da terra, sua influencia local influencia levemente na aceleração de queda, e todos os fatores que influenciam na aceleração de queda são somados e subtraídos da VCLT , Logo, não tem como origem o centro de massa, mas sim a localização do objeto e outros fatores que ela tambem preve mas que são no momento invisiveis para nós ainda. 

Por tanto a variação da VCLT é igual [VCLT final - VCLT inicial]. o Numero que vir a existir, é a exata quantidade de algum fator de influencia, seja maior ou menor proporção de massa no solo,altura, localização, fatores que ainda escapam de nossa inteligencia ou qualquer coisa que influencie pode ser medido através desta formula simples, bastando apenas interpretar corretamente o dado que vier com ele.

Assim, A carga de Peso local é igual a Massa * Aceleração de queda local, e por tanto P é igual a:
P = [ VCLT * massa do objeto [ 15 kg ] ] * OT
P = [23099.1906268383377227729577432458816572453 
* 15kg ] * 0.00042494283848 [ < vetorial]
P = 346487.8594025750645401063879175178234[ <escalar] * 0.00042494283848 [ <Vetorial ]
P local=147.237534473389404946942004282849999991587364432 NEWTONS

E com isto temos que:
VCLT  local* OT = Aceleração da queda local ( q ).
(VCLT*massa do objeto) * OT = Constante Carga de Peso local [ ou força peso se preferir ].
q
local/OT = VCLT local
q
local/VCLT local= OT.

 

 

 

Este tópico foi modificado 2 anos atrás by vinicius
Citar (Quote)
Postado : 05/05/2019 8:51 pm
vinicius
(@vinicius)
Active Member

Uma mistura de física Newtoniana com predominância da interpretação da fisica Aristotelica aos meus moldes, junto a ideia de gravitação de  Le Sage e Dr Carlos Jose Borge, esta é minha proposta. 

ResponderCitar (Quote)
Postado : 05/05/2019 9:08 pm
vinicius
(@vinicius)
Active Member

A imagem representativa da LEI CELESTE não foi no post, teste para ver se agora ela aparece:

ResponderCitar (Quote)
Postado : 05/05/2019 9:09 pm
Compartilhar:
Top
  
Processando...

Por favor Entrar ou Cadastrar