China Obriga Igrejas a Cantar Canções Elogiando Regime Comunista

A China continua sua guerra contra a fé cristã forçando igrejas a substituir hinos e canções espirituais por aqueles que elogiam o regime comunista.

No início deste ano, o governo chinês exigiu que todos os crentes cantassem um hinário publicado pelo Conselho Nacional dos Cristãos da China. Conforme relatado por Bitter Winter aqui, uma revista sobre liberdade religiosa na China, o novo canto obrigatório inclui capítulos da Bíblia através de uma lente secular.

“Os hinos publicados pelo governo só promovem conteúdo político secularizado”, disse o diretor de uma igreja na China. “Todos os crentes não querem cantá-los”. Um dos hinos diz: “A China é linda; A China é ótima; os filhos e filhas da China amam a China. … Abençoe a China, ó Senhor.”

“Esses hinos não estão elogiando o Senhor”, continuou o diretor. “Eles estão elogiando o país e não são diferentes das músicas seculares. O governo não está engajado em desonestidade e engano?”

No mês passado, as igrejas no distrito de Mudan foram obrigadas a criar “centros de atividades culturais cristãs”. Esses lugares vão “escrever e executar óperas e esquetes chinesas; formar grupos de atividades para pintura e caligrafia, óperas chinesas, desfiles de moda e fotografia; incorporar características culturais locais nas tradições cristãs e promover a ‘sinicização‘ do cristianismo. ”

Sinicização é a tentativa do Partido Comunista Chinês de assimilar as minorias na cultura chinesa, que inclui os cristãos. Bob Fu, fundador da ChinaAid, testemunhou em uma audiência no Congresso em setembro que a China planeja lançar um plano de sinicização de cinco anos, que inclui os novos hinos.

Outra parte do plano é reescrever a Bíblia.

“Há esboços de que a nova Bíblia não deveria parecer ocidentalizada e [deveria parecer] chinesa para refletir a ética chinesa do confucionismo e do socialismo”, disse Fu ao Christian Post aqui. Elementos chineses também serão introduzidos nos cultos de adoração, trajes e estilo dos edifícios da igreja.

No entanto, a população cristã na China continua a subir. O Christian Post informa que a China terá a maior população cristã do mundo até 2030. “Em 1980, havia aproximadamente 3 milhões de cristãos na China. Em 2010 esse número subiu para 58 milhões … Até 2025, pode haver 255 milhões de cristãos. ”

O Portas Abertas dos EUA, um grupo de vigilância religiosa da liberdade, acredita que o cristianismo pode se tornar mais difícil. “… O aumento do poder do governo e o governo do presidente Xi Jinping continuam a dificultar o culto aberto em algumas partes do país”.

Avatar
Douglas Aleodin
Inscreva-se no meu canal YouTube :
http://www.youtube.com/inteligentista

Deixe uma resposta

Top