Você está Aqui:
Home > Design Inteligente > Teoria de Darwin e seus seguidores

Teoria da Evolução : Um Paradigma Ultrapassado

  O livro "A Estrutura das Revoluções Científicas", de Thomas Khun, é o mais famoso livro sobre ciência do século XX. Utilizando conceitos como paradigma, ciência normal, anomalia, crise e mudança, Khun inaugura uma nova forma de enxergar o empreendimento científico ao longo da história, tão revolucionária que seu impacto tem

Parece que Darwin respondeu todas as pistas…pois é, só parece.

  Quando Charles Darwin finalizou seu famoso livro, ele pensou que explicou todas as pistas de uma vez. Como todos sabem, A Origem das Espécies foi uma realização singular. Tipo uma catedral gótica, o trabalho ambicioso integrado com muitos elementos disparates numa grande síntese, explicando fenômenos em campos muito diversos como anatomia

O preconceito e blindagem teórica darwinista

Na cidade de Altenberg, Aústria, um grupo de 18 biólogos proeminentes se reuniram para discutir problemas enfrentados pelo Neo-Darwinismo [1]. Dessa reunião, surgiu o livro “Evolução: A Síntese Extendida” (tradução livre). Estes cientistas rejeitam a Teoria do Design Inteligente, porém questionam a habilidade e poder da seleção natural e mutações aleatórias

Se a teoria vigente fracassou…partimos pra outra.

  Joseph LeConte, que foi professor de Geologia e História Natural na Universidade da Califórnia e presidente da Sociedade de Geologia Americana, fornece um insight do que a maioria dos cientistas pensa sobre a evolução, no seu livro de 1888, "Evolução". Ao analisar o registro fóssil, ele escreve : “as espécies parecem

Pelo menos 50 anos de queda

Este ano de 2016, marca 50 anos do histórico Simpósio do Instituto Wistar. Nessa conferência, um grupo de cientistas, matemáticos, engenheiros, programadores, etc, se reuniram para discutir os desafios enfrentados pelo Neo-Darwinismo frente a explosão de conhecimento adquirido na década de 50 com as descobertas dos requisitos informativos da Vida. A conferência

Neil deGrasse Tyson é inteligentista ?

  Neil deGrasse Tyson, o badalado astrofísico, reconhecido como um dos maiores divulgadores de Ciência da atualidade, admite que as chances de um Universo inteligentemente projetado são "muito altas". Mas Tyson, oponente declarado do DI, estava a se referir que o Universo pode ser uma simulação artificial avançada criada por aliens. Esta

Dissidência científica do Darwinismo

+ de 900 cientistas altamente gabaritados, com PhD, das maiores Universidades do mundo, são dissidentes do Darwinismo e simpatizam com a Teoria do Design Inteligente. Conheça a lista de dissidência aqui : http://www.dissentfromdarwin.org/ Os dissidentes declaram que : "Estamos céticos em relação as afirmações da capacidade de mutações aleatórias e seleção natural

Alegações darwinianas audaciosas

1 - A evolução darwiniana pode produzir sistemas auto-replicantes, altamente organizados, altamente compactos, altamente complexos, altamente sofisticados (sistemas tais que o ápice da tecnologia humana é incapaz de replicar). 2- Sem NENHUMA inteligência. Ok...e os teóricos do design são os pseudo-cientistas...tá "serto".

James Shapiro admite : a evolução darwiniana é fantasiosa

Um dos microbiologistas de maior renome da atualidade, com livros textos de Biologia usados em todas Universidades do mundo, diz : "Não há relatos darwinianos detalhados para a evolução de qualquer sistema bioquímico ou celular fundamental, apenas uma variedade de especulações fantasiosas. É notável que o darwinismo é aceito como uma

Médicos rejeitam o Neo-Darwinismo

O célebre geneticista russo Theodosius Dobzhansky (1900-1975) , certa vez disse : "Nada em Biologia faz sentido a não ser sob a luz da Evolução" [1] Caso Dobzhansky esteja correto, seria impossível para a empreitada da experiência médica -principalmente em Biologia Humana- rejeitar o Darwinismo. Pois bem, uma pesquisa feita pelo Instituto Finkelstein

Stephen Jay Gould admite : não há gradualismo

Stephen Jay Gould (1941-2002), considerado por muitos o maior biólogo evolucionista do século XX, admitiu : "A extrema raridade de formas transicionais do registro fósssil é [...] o negócio secreto da paleontologia" [1] Ora, era exatamente isto que um inteligentista esperava encontrar. E com mais pesquisas, prevemos buracos cada vez maiores no registro

Top