Atirador do Massacre de Ohio Era um Esquerdista

 

O atirador que matou nove pessoas do lado de fora de um bar de Dayton, Ohio, no começo da manhã de domingo, era um auto alegado “esquerdista” que apoiou a senadora democrata Elizabeth Warren. Conor Betts foi morto a tiros pela polícia, mas não antes de matar nove pessoas inocentes e ferir dezenas de outras.

De acordo com posts de sua mídia social, “@iamthespookster” (que já foi suspenso pelo Twitter), Connor Betts não era um fã de Trump. Aqui está o que ele twittou na noite em que Donald Trump venceu a eleição em 2016:

 

 

A Breitbart News obteve várias imagens da conta antes de ser suspensa, onde ele se intitula como ”leftist”, isto é ‘esquerdista’ :

 

 

O site Heavy.com (ver aqui ) relatou: “Connor Betts, o atirador em massa de Dayton, Ohio, foi um autodescrito ‘esquerdista’, que escreveu que votaria alegremente na democrata Elizabeth Warren, elogiou Satanás, ficou chateado com a vitória de Trump em 2016 para a presidência e acrescentou ‘Eu quero o socialismo, e não esperarei que os idiotas finalmente cheguem à compreensão’ “:

 

 

O tiroteio no Ohio ocorreu horas depois de um atirador abrir fogo contra um Walmart em El Paso, Texas, matando 20 e ferindo 26. Esse atirador teria sido considerado um supremacista branco cujos motivos para o tiroteio eram especificamente racistas.

Embora um manifesto supostamente ligado ao atirador de El Paso tenha afirmado que ele não foi influenciado por Trump, a grande mídia e o campo presidencial democrata passaram a noite de sábado e domingo culpando Trump por inspirar a violência.

Não está claro se as opiniões políticas do atirador de Ohio o motivaram a cometer o tiroteio em massa. Ele teria sido morto pela polícia um minuto depois de ter aberto fogo. Sua irmã estava supostamente entre os mortos.

Avatar
Douglas Aleodin
Inscreva-se no meu canal YouTube :
http://www.youtube.com/inteligentista

Deixe uma resposta

Top